domingo, 30 de agosto de 2009

Botafogo 3x3 Grêmio – 22ª rodada

Para novamente tentar ganhar a primeira fora de casa o Grêmio foi ao Engenhão com: Victor, Mário Fernandes, Rafael Marques, Rever e Bruno Collaço (Lúcio); Adílson, Túlio, Tcheco e Souza; Jonas (Makelele) e Perea (Herrera).

No início do primeiro tempo o Botafogo estava desorganizado em campo e o Grêmio dominava amplamente, mostrando que podíamos vencer a primeira fora de casa, mas não aproveitou a vantagem e o Botafogo se reorganizou em campo.

Assim, na insistência o dono da casa abriu o placar, após rebote de Victor, Reinaldo fez 1 a 0 aos 19 minutos. Depois do gol o Botafogo recuou e no maior estilo “a la Jonas” após bater 2 vezes na trave o atacante conseguiu empatar pro Grêmio aos 23 minutos.
E o jogo vai para o intervalo no empate: 1 a 1, mas antes que acabasse os dois técnicos mudaram seus times, no Grêmio Lúcio reestreou aos 35 minutos, entrando no lugar do jovem Bruno Collaço.

Se no começo do jogo o Botafogo ouvia vaias, tudo mudou 1 minuto depois, com o gol de Victor Simões na saída de Victor. Então aconteceu o mesmo do primeiro tempo, o dono da casa relaxou e Jonas de perna direita empatou novamente, num gol que muitos julgaram irregular.

Logo depois mais um lance polêmico no suposto pênalti não dado ao Botafogo onde a bola acertou seu braço dentro da área. Mas o pior pro Botafogo foi aos 28 minutos em falta cobrada por Souza, que deixou todos olhando e virando a partida pro Tricolor: 3 x 2.

Com um pouco de ajuda da arbitragem e com esforços parecia que o fantasma iria embora e o Grêmio ganharia a primeira fora de casa. Porém isso não aconteceu e fantasmagoricamente ocorreu o empate do Botafogo aos 43 minutos do segundo tempo. Assim, a vitória tarda mais uma vez a vim e o Grêmio leva apenas 1 ponto do Rio de Janeiro.

Parece que o problema é mesmo dos fantasmas que atormentam o Grêmio fora de casa e precisam ser exorcizados. Nosso próximo jogo é sábado contra o Vitória no Olímpico. Fora de casa o próximo jogo é contra o Náutico no emblemático Estádio dos Aflitos, e lá todos sabem o Grêmio já exorcizou outros fantasmas.

E falando em fantasmas, veja meu texto sobre o jogo “Fantasmas assombram o Grêmio” na minha coluna no Blog Clubes e comentem:
http://bc-gremio.blogspot.com/

Apenas empate no Engenhão.

7 comentários:

Carlos Sena disse...

Oi Ale o Botafogo esta se afundando a cada rodada, vai brigar com o Flu pra ver quem vai dar a vaga para o Vasco.

Beijos

Esron disse...

Se o Grêmio tivesse uma campanha um pouquinhu melhor fora de casa seria líder fácil, achu que esse tabu acaba nos Aflitos.

Abraço, Ale

Jessica Corais disse...

O Grêmio tem um bom time, pena que sua campanha fora de casa não ajuda.

Realmente esse medo precisa ser exocirzado urgente !!!

Abraços, Jessica Corais

Uelton Gomes disse...

A Gremio continua sem vencer fora de casa.
Abraços

Saulo disse...

Gostei do seu comentário, Alê. Foi sincera mesmo.

O Grêmio jogou bem, mas teve muita ajuda da arbitragem e como sempre o Botafogo leva a pior.

Gremista Fanático disse...

Pois é, parece que não tem reza braba que faça o Grêmio vencer fora mesmo, quem sabe nos Aflitos ne? Vamos ver, beijos.

Saudações do Gremista Fanático

Cézar Vouguinha disse...

A arbitragem favoreceu o tricolor. Se o Grêmio vencesse fora, estaria lutando pelo campeonato. Mas a maldição o impede disso. Acredito que continuará em uma crescente e poderá ainda lugar pela Libertadores! Abraços